Escolha uma Página

Enquanto nutricionista, uma das tuas maiores missões passa por proporcionar uma mudança a longo prazo nos teus clientes, de forma a que aquilo que comunicas em consulta passe efetivamente para o estilo de vida do teu cliente.

O problema? Esta tarefa não é tão fácil quanto parece.

Quantas vezes já te chegaram clientes extremamente motivados, que sentiste que estavam prontíssimos para fazer acontecer e não conseguiram manter a mudança a longo prazo? Ou seja, que até conseguiram atingir o peso que idealizavam mas que acabaram por voltar ao peso anterior porque também retornaram aos hábitos antigos?

Ou um cliente que durante um mês seguiu todas as indicações à risca mas, depois, começa a deixar de cumprir até voltar ao ponto inicial?

Não te preocupes, é comum na nossa área e porquê?

Exatamente porque estamos focadas na mudança – e aquilo que queremos proporcionar ao nosso cliente é uma transformação.

 

Tenho a certeza que, até ao dia de hoje, sempre usaste estas duas palavras como sinónimos, sem pensar muito sobre o assunto. No entanto, o “core” destas palavras é muito distinto.

Indo direta aos significados, mudar significa fazer uma coisa em substituição de outra, fazer uma alteração, algo que é diferente do que aconteceu até então. No entanto, uma mudança é algo que pode ser alterado facilmente e que não tem necessariamente de ser drástico.

Por exemplo: mudei recentemente de cidade. Troquei uma cidade por outra e posso facilmente voltar a fazê-lo.

Já a transformação é algo mais profundo e mais dificilmente reversível. Pode ser interpretada como uma mudança completa de uma coisa noutra completamente distinta; uma mudança drástica, completamente contrária ao que estava a acontecer até à data.

Pode até dizer-se que a transformação não é reversível, já que para ser alterada, terá de existir uma nova transformação.

Colocada na prática, a transformação também tende a estar muito associada ao que somos – e é aqui que vais perceber como é que o termo se aplica às tuas consultas e porque é que é uma transformação que queres proporcionar aos teus clientes.

Li recentemente um artigo que dava o exemplo de uma senhora que tinha ido ao cabeleireiro e pretendia alterar a cor do cabelo. A senhora era morena e queria pintar o cabelo de loiro, o que quer dizer que teria de fazer uma série de procedimentos aos fios para que o resultado fosse o desejado.

Colocando este exemplo desta forma, é possível que definisses esta alteração como uma transformação. Mas pensa comigo: quando o cabelo voltar a crescer, o cabelo daquela senhora vai ser castanho. Ela não “é” loira. Ela simplesmente mudou o cabelo.

O mesmo acontece com os teus clientes em consulta.

Quando os teus clientes retornam aos seus hábitos antigos, significa que não sofreram uma transformação – apenas uma mudança.

Os teus clientes realmente mudaram os seus hábitos, fizeram alterações no seu estilo de vida, mas não se transformaram; essas mudanças não foram profundas o suficiente para alterar quem os teus clientes são, o que faz com que eles rapidamente retornem aos seus hábitos antigos.

 

Proporcionar essa transformação, sem as ferramentas certas não é fácil e o problema é que este não é um tema abordado nas nossas formações-base, o que infelizmente faz com que muitas nutricionistas falhem nesta missão.

Se este é o teu caso, deixa-me dizer-te que a culpa não é tua. Não sintas que estás a fazer um trabalho deficiente, porque não é o caso.

O que, no fundo, quero dizer-te com este artigo não é que estás a fazer um mau trabalho. Se, por acaso, isto está a acontecer aos teus clientes, não significa que não és uma excelente profissional. O que significa é que, o próximo passo, é saber mais sobre os comportamentos e motivações do teu cliente.

Mais: isto também acontecia comigo até começar a utilizar a metodologia de coaching nas minhas consultas.

O coaching permite-te, através das estratégias certas, ser capaz de conduzir o teu cliente ao longo de uma autêntica transformação, fazendo que exista realmente uma alteração poderosa no seu íntimo.

E é esta alteração que estimula a mudança, que fará com que o teu cliente não retorne ao seu “eu” anterior.

Para te ajudar a aplicar o coaching nas tuas consultas, criei o método Nutricoaching, onde te ajudo exatamente a inovar no atendimento que és capaz de proporcionar ao teu cliente, dando-te todas as ferramentas para que sejas capaz de cativar, transformar e prosperar na nutrição.

Quero ajudar-te a fazeres a diferença na vida dos teus clientes e a viveres a tua paixão em pleno, com os resultados que mereces e ambicionas.

 

 

Juntas-te a mim?

Com todo o empenho,

Joana Carvalho Costa

10 a 17 Novembro.
Inscreve-te AGORA